Notícias

Correição e força-tarefa em Poconé terminam nesta sexta

28/09/2018

Termina nesta sexta-feira (28 de setembro) a correição na comarca de Poconé (a 104km de Cuiabá), realizada por duas equipes lideradas pelos juízes auxiliares da Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT) Aristeu Dias Batista Vilella e Ana Cristina Silva Mendes. Conforme a Portaria nº 51/2018, os trabalhos tiveram início no dia 24 e consistiram em averiguar por amostragem a regularidade dos serviços administrativos e judiciários executados, e orientar magistrados e servidores para uma melhor organização das rotinas.

De acordo com a desembargadora corregedora Maria Aparecida Ribeiro, o objetivo é a efetividade da prestação jurisdicional, redução da taxa de congestionamento e cumprimento de metas estabelecidas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Além da correição, em Poconé realizamos força-tarefa no gabinete e na secretaria da Vara Única e, simultaneamente, um mutirão de audiências de conciliação no Juizado Especial. Trata-se de uma comarca com quase 19 mil processos que, neste momento, precisa de ajuda e estamos aqui para isso”, contou a magistrada.

Conforme relatório parcial do Departamento de Aprimoramento da Primeira Instância (Dapi), 919 processos físicos e eletrônicos foram correicionados na comarca. “Desse universo, 831 foram impulsionados pela força-tarefa com sentenças, decisões, despachos, recomendações e outros movimentos processuais. Além disso, 139 foram baixados. É um trabalho diferenciado, pois verificamos os processos e já damos o andamento necessário para regularização, quando oportuno”, explicou a juíza auxiliar Ana Cristina Mendes. 

Outras comarcas - Chapada dos Guimarães e Santo Antônio de Leverger também foram correiconadas esta semana, respectivamente nos dias 24 e 25 de setembro, pela juíza auxiliar Jaqueline Cherulli e equipe. No total, 1.975 processos foram verificados nas duas comarcas. A corregedora Maria Aparecida Ribeiro acompanhou as atividades. 

Cuiabá - A partir de segunda-feira (1º de outubro), serão correicionadas as 14 varas criminais da capital, segundo a Portaria nº 58/2018. “Assim, ficamos muito perto de finalizar a comarca de Cuiabá, onde a correição é realizada por etapas. Primeiro nos juizados especiais, em julho, depois nas varas cíveis, em agosto, e agora nas criminais. Contando Poconé também como encerrada, faltam somente Rondonópolis e Pedra Preta para completarmos 100% do Estado”, comemorou a corregedora.

 
Leia também:

Corregedoria promove mutirão de audiências de conciliação em Poconé

15 mil processos são correicionados no polo de BG 

Polo de Barra do Garças será correicionado a partir desta segunda

 

Ana Luíza Anache
Assessoria de Comunicação CGJ-MT
corregedoria.comunicacao@tjmt.jus.br
(65) 3617-3571/3777