Notícias

Cuiabá terá 18 júris em setembro

05/09/2018

A comarca de Cuiabá realizará 18 sessões do Tribunal do Júri em setembro, presididas pela juíza Monica Catarina Perri Siqueira, titular da 1ª Vara Criminal da capital. Todos os julgamentos por crimes dolosos contra a vida serão no período vespertino. Na terça-feira (4 de setembro), Oysis Umbelino da Silva foi condenado a três anos de reclusão, no regime aberto, pelo homicídio tentado da ex-namorada Rosemeiry Santana Cassiano, em dezembro de 2009, no bairro CPA III. 

De acordo com o processo, a vítima se encontrou com Oysis em um bar, quando aceitou o convite para ir a casa dele. Durante o trajeto, o casal iniciou uma discussão e Rosemeiry caiu no chão. O homem passou a agredi-la com socos, pontapés e pisões na cabeça, dizendo que iria matá-la. A vítima foi encontrada desmaiada no meio da rua por policiais militares, com hematomas pelo rosto e a cabeça sangrando, e encaminhada para atendimento médico. 

Nesta quarta (5), Rosalina Arruda dos Santos responde pelo homicídio de Moacir Vitor de Campos, de 80 anos, no bairro Porto. Segundo a denúncia, a acusada subtraiu para si R$ 10,00 em dinheiro de propriedade do idoso. Ao reagir, o ofendido entrou em luta corporal com Rosalina. Após terem sido separados por um terceiro, a mulher avançou novamente em direção à vítima, desferindo golpes com um pedaço de vidro pontiagudo contra Moacir, causando-lhe a morte. 

Para fechar a semana, no dia 6, Luiz Henrique de Aquino de Deus será julgado pelo homicídio qualificado de Samela dos Santos Alves, por motivo torpe, meio cruel, recurso que impossibilitou a defesa da vítima e contra a mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio). Marcos Paulo Liberato da Silva irá a júri no dia 11 de setembro pela morte de Lucinete Maria da Silva. Conforme o processo, o acusado asfixiou a vítima “em total menosprezo à sua condição de mulher”. 

Confira aqui a pauta de julgamentos


Assessoria de Comunicação CGJ-MT 
corregedoria.comunicacao@tjmt.jus.br 
(65) 3617-3571/3777